DICAS DE ALIMENTAÇÃO Hipoglicemia

LINKS PATROCINADOS

É uma complicação aguda que, na maioria das vezes, pode ser tratada pelo próprio diabético e pelas pessoas que o cercam. Para isto, é de fundamental importância saber como tratar e, sobretudo, como prevenir sua ocorrência.

A hipoglicemia (

níveis glicêmicos < 50mg/dl) é mais freqüente nos diabéticos tratados com insulina; porém, pode também acontecer com os que usam hipoglicemiantes orais.

Dependendo da intensidade e da duração da hipoglicemia, as recomendações serão diferenciadas.

Hipoglicemia Leve: O diabético mantém a consciência e apresenta sinais e sintomas de alerta, tais como tremores, palpitações, sudorese e muita fome. Estas reações são mediadas pelo sistema nervoso autônomo (resposta adrenérgica).

Deverão ser tratadas com a ingestão oral de carboidratos simples (açúcar, mel, água com açúcar, balas, refrigerante e geléia de frutas não dietéticas, suco de frutas e tabletes de glicose). Evitar sorvetes e chocolates, pois o conteúdo de gordura destes alimentos dificulta a absorção do açúcar que eles contêm. Após 10 a 15 minutos, os sintomas devem desaparecer.

Hipoglicemia Moderada (Resposta adrenérgica e neuroglicopênica): O diabético ainda mantém a consciência. Os sintomas da fase leve são mais intensos e podem ter, também, sonolência, cansaço, tonteiras, cefaléia, confusão mental, distúrbio de comportamento (apatia, irritação, agressividade) e visão turva. Neste caso, a ação deve ser imediata, oferecendo-se ao indivíduo carboidratos simples, preferencialmente líquidos, pois a evolução rápida dos sintomas pode torná-lo inconsciente. Se apresentar dificuldade para levar o alimento à boca, deve ser auxiliado, ou então deve-se massagear açúcar ou mel nas gengivas e mucosa oral, até que o diabético apresente melhora. Em seguida, deve-se ministrar carboidrato complexo ou uma refeição, para que o episódio não reincida. Poderá também ser usado o Glucagon intramuscular ou subcutâneo, ou glicose hipertônica 50% endovenosa. Atenção! Se o diabético não conseguir engolir, não se deve forçar, pois poderá ocorrer aspiração.

Hipoglicemia Severa: estando os níveis glicêmicos muito baixos, ocorrerá perda da consciência. Neste caso, as pessoas que cercam o diabético devem ser orientadas a massagear as gengivas e mucosa oral com açúcar ou mel e procurar atendimento médico imediatamente.

Na hipoglicemia severa, além dos cuidados imediatos acima referidos, pode-se também usar, como primeira alternativa segura, o Glucagon (IM ou SC). Este hormônio eleva a glicemia rapidamente e, ocorrendo a recuperação da consciência, deverá ser oferecida alimentação ou ser aplicado soro glicosado EV, pois o efeito do Glucagon é fugaz e, por isso, às vezes é preciso repetir a dose após cinco minutos. É aconselhável que todo diabético que usa insulina tenha sempre disponível o Glucagon. ¨ Na hipoglicemia severa, o tratamento também é feito com glicose hipertônica 50% e soro glicosado via endovenosa. Mas, nesta situação, há necessidade de que o diabético esteja em um serviço de saúde ou que um profissional habilitado possa aplicar esta medicação.

* Alertamos que, se não for adequada e prontamente corrigida, a hipoglicemia poderá progredir, causando danos neurológicos com possíveis seqüelas, podendo evoluir até o coma e morte.
* Em situações extremas ainda podem ser usados: Glicocorticóides e Manitol.
* Se a hipoglicemia ocorrer durante o pico máximo de ação da insulina ou em conseqüência de erros na dosagem ou no tipo de insulina, além dos alimentos mencionados utilizar também alimentos protéicos (leite, queijo, iogurte, ovos, carnes), pois as proteínas podem fornecer glicose de forma mais lenta, evitando-se que o nível glicêmico atinja valores muito baixos novamente. Recomenda-se, pela mesma razão, incluir poteínas na última refeição, para prevenir hipoglicemias noturnas.
* Toda pessoa diabética deve portar um cartão de identificação de diabético. Isto facilitará qualquer tipo de atendimento.
* Por medida de segurança, todo diabético deverá sempre ter consigo um carboidrato simples, não perecível (por ex.: bala, melzinho, tablete de glicose).

Se você gostou clique no botão . Para ser avisado quando novos conteúdos forem publicados cadastre seu e-mail clicando aqui ou assinar nosso feed.
Veja mais artigos que selecionamos para você sobre este assunto:
Compartilhe o artigo DICAS DE ALIMENTAÇÃO Hipoglicemia com seus amigos:

LINKS PATROCINADOS

Faça seus comentários